Results for 'essencialism'

167 found
Order:
  1.  58
    Tomismo essencial e antropologia integral.Irmã María de la Sagesse Sequeiros S. S. V. M. - 2010 - The Chesterton Review Em Português 2 (1):99-106.
    No categories
    Direct download (3 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  2.  27
    O essencial sobre ritmanálise.Rodrigo Sobral Cunha - forthcoming - Rhuthmos.
    Extrait de : Rodrigo Sobral Cunha, O essencial sobre ritmanálise, INCM, 2010, 78 p. A Ritmanálise é um novo modelo integral de conhecimento operacional concebido pelo filósofo, físico e matemático português Lúcio Alberto Pinheiro dos Santos (1889-1950) e apresentado à Europa pelo filósofo e epistemólogo francês Gaston Bachelard (1884-1962). O ritmo é a própria energia de existência em todas as escalas e assim o princípio unificador da física, da biologia e da psicologia. Tanto o universo como a (...) - Sociologie (...)
    No categories
    Direct download  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  3. A Tensão Essencial.Thomas Kuhn - 1991 - Revista Portuguesa de Filosofia 47 (4):661-662.
    No categories
     
    Export citation  
     
    Bookmark   3 citations  
  4.  20
    Tomismo Essencial E Antropologia Integral.Ssvm de la Sagesse Sequeiros & Irmã María - 2010 - The Chesterton Review Em Português 2 (1):99-106.
    No categories
    Direct download  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  5.  5
    O Caráter Essencial Dos Corpos Homogêneos Em Aristóteles.Rodrigo Romão de Carvalho - 2020 - Journal of Ancient Philosophy 14 (2):147-171.
    The present paper aims at examining the characteristics that determine the essential nature of the homogeneous bodies in Aristotle, from an analysis of Meteorology IV.12, which would at the same time establish a certain relationship with other treatises of natural philosophy and also in particular with books VII and VIII of Metaphysics. With this investigation, I will delineate a certain line of argument that goes against a reading perspective considered as traditional, with certain interpretive variants, according to which Aristotle would (...)
    No categories
    Direct download (2 more)  
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  6.  15
    A precariedade essencial do ser-no-mundo a partir da ontologia de Heidegger.Daniel da Silva Toledo - 2015 - Synesis 7 (2):18-31.
    A pergunta pelo sentido do ser será aqui orientada para a afirmação do postulado de uma condição essencialmente precária do mortal, a partir da qual ele deverá ser radicalmente situado em seu horizonte histórico-metafísico fundamentalmente através do seu comprometimento existencial com uma abertura abissal do fenômeno de mundo que excede sua capacidade de apreensão.
    Direct download  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  7. Kuhn, Thomas S. A Tensão Essencial [the Essential Tension : Selected Studies In Scientific Tradition And Change ]. Tradução De RuiPacheco, Revisão De Artur Morão . Lisboa : Edições 70, 1989. 421 Pgs. [REVIEW]Antônio Martins - 1993 - Revista Filosófica de Coimbra 2 (3):222-223.
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  8.  10
    A dinâmica ontológica de Heidegger como chave de compreensão fenomenológica para O movimento essencial de recuo da deidade.Daniel da Silva Toledo - 2017 - Synesis 9 (1):58-79.
    Este artigo tem por escopo principal indicar em que medida a diferença ontológica, sustentada pela filosofia de Martin Heidegger, pode, a partir do jogo da verdade do ser, servir de índice para se pensar uma concepção do divino que, através da dinâmica fenomenológica pautada pelo movimento de re-velamento, recusa-se a toda e qualquer objetivação em última instância, preservando assim sua dimensão de abertura de sentido. Para isto, devemos nos ater àquela divindade que, para o referido pensador alemão, torna próprio este (...)
    Direct download  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  9.  8
    A precariedade existencial como condição essencial de compreensão para a experiência religiosa na contemporaneidade.Daniel Toledo - 2017 - Horizonte 15 (46):472-486.
    This study deals with the ontological background reference of religious experience in general, and it aimed to demonstrate how our existential condition of finitude is imposed to understand the most varied forms of manifestations of religious phenomena that arise in the contemporary world. Thus, we will start from the distinction between a hermeneutic-phenomenological conception of the religious experience in its essence and the empirical approaches on its diverse concrete configurations. In the end, we will try to point out that the (...)
    Direct download (3 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  10.  20
    Holismo E verofuncionalidade: Sobre um conflito lógico-filosófico essencial.Marcos Silva - 2013 - Philósophos - Revista de Filosofia 18 (2):167-200.
    We advocate here that the tractarian image of Logic was the great responsible for its collapse. We examine then some mentions of colors in Wittgenstein´s first book to show that its logic holds a conflict between truth-functionality (explicitly assumed and advocated there) and a (hidden) holism. This antagonism was already set in the very formulation of its ontology. Wittgenstein himself admits he did not notice this by the time of the Tractatus ´ elaboration. If he had noticed it, he could (...)
    Direct download  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  11. Aristóteles, Física I-II.Lucas Angioni - 2009 - Editora da Unicamp.
    Translation of Aristotle's Physics I-II into Portuguese, with commentaries. Tradução para o português dos livros I e II da Física de Aristóteles, com comentários.
    Direct download  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark   245 citations  
  12.  26
    Mitakuye Oyasin as a Foundation for the Well-Being of Animal Life: Reason, Nature, and Oppression in Horkheimer, MacIntyre, and Midgley/Mitakuye Oyasin Como Um Fundamento Para o Bem-Estar da Vida Animal: Razão, Natureza E Opressão Em Horkheimer.Jeffery L. Nicholas - 2015 - Pensando: Revista de Filosofia 6 (11):31-48.
    Neste artigo lanço três tradições umas contra as outras para levantar algumas questões de pesquisa futura sobre a natureza da razão e a razão da natureza. Max Horkheimer e Theodor Adorno, da Escola de Frankfurt, sustentavam que a razão tende a dominar a natureza e que a dominação é parte da essência da razão. Dirijo-me, então, para examinar Aristóteles e aristotélicos contemporâneos, mais precisamente Mary Midgley e Alasdair MacIntyre, para mostar um recurso possível na tradição da filosofia ocidental na qual (...)
    No categories
    Direct download  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  13. Lógica e Ciência em Aristóteles.Lucas Angioni - 2014 - Phi.
  14. As noções aristotélicas de substância e essência.Lucas Angioni - 2008 - Editora da Unicamp.
    This book discusses Aristotle’s notions of essence and substance as they are developed in Metaphysics ZH. I examine Aristotle's argument at length and defends an unorthodox interpretation according to which his motivation is to provide an answer against a conflation between criteria for existential priority (delivering substances as primary beings) and criteria for explanatory priority (delivering essences as primary principles).
    Direct download  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark   85 citations  
  15. Relações causais entre eventos na ciência aristotélica.Lucas Angioni - 2004 - Analytica. Revista de Filosofia 8 (1):13-25.
    This paper discusses whether there is room for knowledge of causal relations between events in Aristotle's theory of science as developed in the Posterior Analytics. My focus is on Aristotle's analysis of the fourth sense of kath' hauto or per se predication.
    Direct download  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark   21 citations  
  16. As quatro causas na filosofia da natureza de Aristóteles.Lucas Angioni - 2011 - Anais de Filosofia Clássica 10:1-19.
    I have two aims in this paper. First, I argue that, in Aristotle’s theory of the four causes, there is a basic and common feature by which all causes are causes: they all work in a triadic framework in which they explain why a given attribute holds of a given underlying thing. Secondly, I argue against a version of “compatibilism” according to which each kind of cause is complete in its own domain and does not compete with any other kind. (...)
    Direct download  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark   18 citations  
  17. Necessidade, Teleologia e Hilemorfismo em Aristóteles.Lucas Angioni - 2006 - Cadernos de História E Filosofia da Ciéncia 16 (1):33-57.
    I argue that Aristotle’s teleology in natural science (more specifically, in biology) is not incompatible with his admissions of the “brute necessity” of the movements of matter. Aristotle thinks that the brute necessity emerging from the movements of matter is not sufficient to explain why living beings are what they are and behave the way they behave. Nevertheless, Aristotle takes this brute necessity to be a sine qua non condition in biological explanations. The full explanation of the features of living (...)
    Direct download (2 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark   21 citations  
  18.  45
    Memória humana e teatro.Edna de Souza Alves & Marcos Antônio Alves - 2001 - Trans/Form/Ação 24 (1):91-100.
    A memória humana é essencial para a atividade teatral. Isso por um motivo óbvio: é ela que possibilita aos atores gravarem suas falas e ao público compreender a mensagem passada pela peça. Neste trabalho, investigamos as noções de memória propostas por Descartes, Hume e Kohonen. Para eles, a memória é imprescindível na obtenção e desenvolvimento do conhecimento. A nosso ver, o estudo da memória é de grande importância para o teatro, à medida que este não seria possível sem aquela.
    Direct download (4 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark   1 citation  
  19. Aristóteles e o Uso da Matemática nas Ciências da Natureza.Lucas Angioni - 2003 - In M. Wrigley P. Smith (ed.), Coleção CLE (Universidade de Campinas, Brazil). CLE. pp. 207-237.
    I discuss the issue whether Aristotle's philosophy of science allows the use of mathematical premises or mathematical tools in general for explanaing phenomena in the natural sciences. I thereby discuss the concept of "metabasis eis allo genos" as it appears in Posterior Analytics I.7.
    Direct download  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark   11 citations  
  20. La Metafísica de Porfirio Como Mediación Entre la "Henología" Platónica y la "Ontología" Aristotélica.Giuseppe Girgenti - 2000 - Anuario Filosófico 33 (66):151-162.
    Porfirio constitutes an essencial tie in the transition of ancient thought into the Medieval. His writings (he takes in the Enneadas of Plotino and systematically comments the works of Plato and Aristotle), offer a unitary interpretation of both systems which have enormously influenced in the medieval philosophic tradition (Saint Augustine, Boecio, Thomas Aquinas, etc.), a tradition which may be presented as the different forms of Platonism aristotelized, or aristoteleanism platonized.
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  21. Conhecimento e Opinião em Aristóteles (Segundos Analíticos I-33).Lucas Angioni - 2013 - In Marcelo Carvalho (ed.), Encontro Nacional Anpof: Filosofia Antiga e Medieval. Anpof. pp. 329-341.
    This chapter discusses the first part of Aristotle's Posterior Analytics A-33, 88b30-89a10. I claim that Aristotle is not concerned with an epistemological distinction between knowledge and belief in general. He is rather making a contrast between scientific knowledge (which is equivalent to explanation by the primarily appropriate cause) and some explanatory beliefs that falls short of capturing the primarily appropriate cause.
    Direct download (2 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark   6 citations  
  22.  13
    Travando Uma Guerra Contra a Guerra: Nietzsche Contra Kant Acerca Do Conflito.Herman Siemens - 2013 - Kriterion: Journal of Philosophy 54 (128):419-437.
    Este artigo examina e compara Kant e Nietzsche enquanto pensadores do conflito. Argumenta-se no § 1 que, para ambos os filósofos, o conflito desempenha um papel essencial e construtivo em vários domínios de seu pensamento, e que ambos nos oferecem um rico conjunto de insights sobre as qualidades produtivas do conflito. Contudo, Kant não é capaz de formular um conceito genuinamente afirmativo do conflito que faça jus aos prodigiosos poderes produtivos por ele descritos. Em vez disso, ele promove uma guerra (...)
    Direct download (3 more)  
     
    Export citation  
     
    Bookmark   2 citations  
  23.  5
    A humilhação nacional como instrumento de construção da identidade e da estabilidade política na China.Victor Carneiro Corrêa Vieira - 2018 - Dialogos 22 (3):128.
    A ampliação de políticas econômicas liberais desencadeará na democratização da China. Esse argumento repetido por artigos acadêmicos encontra suas expectativas frustradas diariamente por notícias de recrudescimento do poder do Partido Comunista da China sobre sua sociedade. O artigo analisa a construção da identidade nacional fundada na humilhação nacional como estratégia de difusão da legitimidade da elite política chinesa a partir de uma percepção do nacionalismo como essencial para manutenção da estabilidade do regime. Para isso estuda a formação da identidade nacional, (...)
    No categories
    Direct download  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  24. Aristóteles e a necessidade do conhecimento científico.Lucas Angioni - 2020 - Discurso 50 (2):193-238.
    I discuss the exact meaning of the thesis according to which the object of scientific knowledge is necessary. The thesis is expressed by Aristotle in the Posterior Analytics, in his definition of scientific knowledge. The traditional interpretation understands this definition as depending on two parallel and independent requirements, the causality requirement and the necessity requirement. Against this interpretation, I try to show, through the examination of several passages that refer to the definition of scientific knowledge, that the necessity requirement specifies (...)
    Direct download (3 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark   5 citations  
  25.  24
    Habitus E Virtude Em Pedro Abelardo: Uma Dupla Herança.Guy Hamelin - 2015 - Kriterion: Journal of Philosophy 56 (131):75-94.
    Pedro Abelardo apresenta na sua obra uma teoria da virtude de natureza, à primeira vista, aristotélica. Ao que parece, essa concepção também contém diferentes elementos estoicos, que não se opõem necessariamente à visão do Estagirita. Todavia, o essencial da interpretação da Escola do Pórtico acerca da virtude difere da explicação dada por Aristóteles. No presente estudo, pretendemos examinar, primeiro, a índole da virtude como habitus na obra de lógica de Abelardo. Nesse caso, não há dúvida de que predomina a influência (...)
    No categories
    Direct download (3 more)  
     
    Export citation  
     
    Bookmark   1 citation  
  26. The Quantum and Classical Domains as Provisional Parallel Coexistents.Michel Paty - 2000 - Synthese 125 (1-2):179-200.
    We consider the problem of therelationship between the quantum and theclassical domains from the point of view that itis possible to speak of a direct physicaldescription of quantum systems havingphysical properties. We put emphasis, inevidencing it, on the specific quantum conceptof indistinguishability of identical in aconceptual way (and not in a logical way in thevein of ``da Costa's school''). In essence, thesubsequent argumentation deals with therelationship between the classical and thequantum, with the problem of the quantum theoryof measurement. Even in (...)
    Direct download (5 more)  
     
    Export citation  
     
    Bookmark   3 citations  
  27. Significado e Cognição. O Legado de Frege.João Branquinho - 2016 - In Léo Peruzzo Júnior E. Bortolo Valle (ed.), Filosofia da Linguagem. Curitiba, PR, Brasil: pp. 9 - 52.
    Queremos neste ensaio caracterizar de modo introdutório o essencial do legado de Gottlob Frege para a Filosofia da Linguagem contemporânea, identificando e caracterizando os traços distintivos mais genéricos de uma teoria do significado (ou conteúdo semântico) inspirada nas suas ideias seminais e contrastando-a com outras concepções actuais influentes acerca do significado, em especial as posições sobre o conteúdo singular (conteúdo expresso por nomes próprios e outros termos singulares) remotamente inspiradas em ideias de John Stuart Mill.
    Direct download  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  28.  10
    Filosofia, Psicologia E Psiquiatria.Rui Gabriel Da Silva Caldeira - 2020 - Revista Filosófica de Coimbra 26 (52):339-384.
    Partindo de definições de Filosofia, Psicologia e Psiquiatria procura-‑se mostrar que na Antropologia de Hegel há a) a resolução do dualismo clássico corpo/mente, b) uma resposta ao problema dos universais, c) uma filosofia da corporalidade que compreende um inconsciente pulsional que – sui generis do pensamento de Hegel – através do trabalho dialético da razão é integrado na estrutura da psique. Finalmente, d) partindo da liberdade dialético-‑especulativa imanente ao Espírito e das investigações contemporâneas comprova-‑se a irredutibilidade da vida da consciência, (...)
    No categories
    Direct download  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  29. On Peirce's Methodology of Logic and Philosophy: Sobre a Metodologia da Lógica E a Filosofia de Peirce.Leila Haaparanta - 2002 - Cognitio 3.
    : In his paper "Explanation of Curiosity the First" Charles Peirce describes Euclid's procedure in proving theorems. Euclid first presents his theorem in general terms and then translates it into singular terms. Peirce pays attention to the fact that the generality of the statement is not lost by that move. The next step is construction, which is followed by demonstration. Finally the ergo-sentence repeats the original general proposition. Peirce lays much emphasis on the distinction between corollarial and theorematic reasoning in (...)
     
    Export citation  
     
    Bookmark   2 citations  
  30.  7
    A Double Face View on Mind-Brain Relationship: The Problem of Mental Causation.Jonas Gonçalves Coelho - 2017 - Trans/Form/Ação 40 (3):197-220.
    : Interpreting results of contemporary neuroscientif studies, I present a non-reductive physicalist account of mind-brain relationship from which the criticism of unintelligibility ascribed to the notion of mental causation is considered. Assuming that a paradigmatic criticism addressed to the notion of mental causation is that presented by Jaegwon Kim’s analysis on the theory of mind-body supervenience, I present his argument arguing that it encompasses a formulation of the problem of mental causation, which leads to difficulties by him pointed. To ask (...)
    Direct download (5 more)  
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  31. A Escuta Como Terapia Em Plutarco: Uma Leitura Foucaultiana.Fabiano Incerti - 2007 - Hypnos. Revista Do Centro de Estudos da Antiguidade 19:97-105.
    Este trabalho pretende investigar a importância da escuta na Antiguidade greco-romana, especialmente em dois tratados de Plutarco, como um exercício capaz de efetuar no sujeito a cura para uma enfermidade que ele designava quase incurável: a tagarelice. A partir dos últimos cursos e escritos de Michel Foucault poderemos perceber de que forma a escuta representou uma prática essencial para a subjetivação da verdade, que servia de defesa contra os acontecimentos imprevistos ou infelizes da existência e, principalmente, para uma terapia das (...)
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  32. Sociabilidade e alterofobia: um ensaio filosófico.Francisco Jozivan Guedes de Lima - 2015 - Ágora Filosófica 1 (2):79-95.
    A filosofia contemporânea tem investigado variadas temáticas como linguagem, epistemologia social, justiça, estética, dialética, revisitado temas vinculados à metafísica, mas pouco tem discutido um tema simultaneamente especulativo e prático e, consequentemente, tão essencial para os rumos da sociedade atual: a sociabilidade. Na contramão desta tendência, este ensaio pretende abordar o problema da sociabilidade de um ponto de vista filosófico defendendo a tese que o mundo atual sofre de um déficit de intersubjetividade, algo que estes estudos cognomina de “alterofobia”.
    No categories
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  33. Uma defesa do dualismo de substâncias.Richard Swinburne & Jaimir Conte - 2008 - Princípios 15 (23):291-313.
    Argumento neste artigo que embora existam muitas maneiras diferentes de descrever o mundo ou algum segmento dele, qualquer maneira que deixe de acarretar logicamente uma separabilidade do corpo e da alma como os dois componentes de cada ser humano conhecido (o corpo sendo uma parte contingente e a alma a parte essencial do homem) deixará de fornecer uma descriçáo completa do mundo. T ítulo original do artigo: “ What makes me me? A Defense os Substance Dualism ”. Apresentado no I (...)
    Direct download  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  34.  10
    Considerações sobre a epistemologia dos experimentos mentais // Considerations about epistemology of thought experiments.Marcia Regina Santana Pereira - 2015 - Conjectura: Filosofia E Educação 20 (3):181-197.
    A ciência é feita das escolhas de seus protagonistas e como tal, repleta de subjetividade. Uma teoria científica é uma suposição explicativa e negar a influência da imaginação como agente ativo na construção do conhecimento seria no mínimo ingenuidade. Embora a ciência possua regras bem definidas, seu método se limita a obtenção e tratamento de dados. O surgimento da ideia ou da hipótese inicial é fruto do salto intuitivo da livre imaginação humana. A Experimentação Mental é o processo de empregar (...)
    No categories
    Direct download  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  35.  45
    Ortega y Gasset, a vida como realidade metafísica.José Mauricio de Carvalho - 2015 - Trans/Form/Ação 38 (1):167-186.
    Neste artigo, estudamos as características que o filósofo espanhol Ortega y Gasset atribuiu à vida. Mostramos que o essencial de sua meditação girou em torno do assunto. No entanto, o tema ganhou densidade metafísica somente no final dos anos 1920, quando suas considerações foram inseridas na tradição filosófica do ocidente. Foi quando ele apontou a insuficiência do realismo e do idealismo na abordagem do fundamento pretendido pela Filosofia e apresentou a filosofia da razão vital como um passo adiante das duas (...)
    Direct download (5 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark   1 citation  
  36.  6
    Pensar o Pensamento: A Leitura E a Reconstrução Do Imaginário Social Na Formação Superior.José Pedro Boufleuer & Aldemir Berwig - 2020 - Educação E Filosofia 33 (68):845-883.
    Pensar o pensamento: a leitura e a reconstrução do imaginário social na formação superior Resumo: O artigo reflete sobre a formação humana em cursos superiores na perspectiva da capacitação crítico-reflexiva que prepare para a vida em sociedade. Trata-se de pesquisa qualitativa com reflexão a partir de estudo teórico que tematiza a condição humana, a noção de imaginário social instituinte e o desafio do desenvolvimento do pensamento mediante o exercício da leitura. Analisa que na época atual, em que o ensino convive (...)
    No categories
    Direct download (2 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  37. Algumas Observações sobre as Vermischte Bermerkungen.Bento Prado Júnior - 2006 - Dois Pontos 3 (1).
    resumo Este trabalho visa mostrar que as Vermischte Bemerkungen não ocupam lugar marginal na obra de Wittgenstein. Pelo contrário, constituiriam, com as reflexões sobre cultura, arte e religião, uma chave essencial para a compreensão do núcleo lógico ou gramatical dessa filosofia. Para além das notórias transformações ou diferentes fases da ou na concepção da linguagem, poderiam também dar a ver algo como uma profunda continuidade do pensamento ou da obra de Wittgenstein. O caráter essencialmente indireto da linguagem e do trabalho (...)
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  38.  6
    L’Encyclopédie « entière » ou comment mettre en relation le discours et les planches, à travers l’exemple du traitement en image et en texte d’un métier : le métier à bas.Véronique Le Ru - 2015 - Doispontos 12 (1).
    r esumo: Minha proposta é perguntar-me em que sentido a Enciclopédia é um dicionário racional das ciências, artes e ofícios. Se foram estudados, sobretudo, os dezessete volumes do texto da Enciclopédia para conhecer o estado do conhecimento no século XVIII, as ilustrações constituem um terreno de estudos muito mais abandonado e suscitam principalmente um interesse estético. Ainda, essas ilustrações tiveram um papel de primordial importância na realização da Enciclopédia. Elas tiveram um papel essencial, como tentarei mostrá-lo através do exemplo do (...)
    No categories
    Direct download (2 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark   1 citation  
  39.  1
    On the Lived Truths of Atmospheres: The Qualities of Existential Contexts.Robert E. Innis - 2020 - Cognitio 21 (1):83-98.
    Este artigo começa com uma afirmação de Dewey que retirada do contexto consiste no maior desastre que o pensamento filosófico pode incorrer. Ela explora o valor heurístico da noção de Dewey de um contexto não apenas para a filosofia, mas para o pensamento e a vida como um todo. Contextos possuem poder existencial profundo tanto que os temos encarnados em nós mesmos. Contextos funcionam como panos de fundo, conforme determinam embasamentos, influenciando de maneira ampla como ante-estruturas de nossas formas de (...)
    No categories
    Direct download (2 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  40.  9
    Individualidade Matemática em Charles Sanders Peirce.Susanna Marietti - 2005 - Cognitio 6 (2):201-207.
    Peirce considera a matemática uma ciência informativa realmente capaz de aumentar nosso conhecimento. Isso significa que a matemática não é limitada à análise conceitual, mas possui um objeto real de investigação. O coração da visão peirciana da matemática é que o raciocínio matemático não é desenvolvido somente por meio de conceitos gerais, mas lida com um inevitável elemento de individualidade. A conclusão de uma inferência indutiva pode conter informação que não está absolutamente presente nas suas premissas, podendo vir a ser (...)
    Direct download  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  41. Aristóteles e a noção de sujeito de predicação (Segundos analíticos I 22, 83a 1-14).Lucas Angioni - 2007 - Philósophos - Revista de Filosofia 12 (2):107-129.
    This paper explores some aspects of Aristotle’s notion of subject for predications. I examine the argument Aristotle develops in Posterior Analytics I.22, 83a1-14. I argue that the notion advanced by Aristotle in that argument is different from the one found in his Categories, although they are far from being incompatible with each other. I also add some philological considerations to justify the Portuguese translation of “hypokeimenon” as “algo subjacente” (“underlying thing”) instead of “sujeito” (“subject”).
    Direct download (2 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark   16 citations  
  42. A Dimensão Política da Linguagem Na Perspectiva de Hannah Arendt.Judikael Castelo Branco & Lara França da Rocha - 2018 - Griot : Revista de Filosofia 17 (1):218-239.
    Identificando que o discurso é um atributo essencialmente humano, fundamental para a convivência dos indivíduos e para a constituição de um espaço no qual falamos e somos ouvidos, Hannah Arendt assinalou a importância da palavra para a edificação do mundo, enquanto construção plural. Diante disso, o presente artigo pretende investigar a dimensão política da linguagem na perspectiva arendtiana. Considerando que esta temática nos fornece uma chave de leitura abrangente pela teoria política da autora, assinalaremos a intrínseca relação entre ação e (...)
    No categories
    Direct download (2 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  43. A Metafísica Como a Essência Do Homem Em Heidegger.Daniel Schiochett - 2015 - Pensando - Revista de Filosofia 6 (11):327.
    A questão aqui levantada se move em dois polos implicados mutuamente a partir do círculo hermenêutico heideggeriano, a saber, metafísica e homem. O primeiro momento do ensaio consiste em apontar como Heidegger opera a desconstrução da metafísica com o objetivo de mostrar que a metafísica não é simplesmente uma disciplina entre outras da filosofia, mas um acontecimento essencial do ser-aí humano. O segundo momento pretende definir a partir de que experiência fundamental do ente humano nasce a metafísica. Ser e tempo (...)
    No categories
    Direct download (2 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  44. Pode o deflacionismo negar o princípio de bivalência?Teresa Marques - 2006 - Philosophica 28 (28):227-244.
    A elucidação mais simples e mais amplamente endossada das noções de verdade e falsidade é dada na máxima de Aristóteles: "dizer que o que é não é, ou que o que não é é, é falso; e dizer que o que é é. e que o que não é não é, é verdadeiro". Hoje em dia, enquanto alguns tomam o dito como a primeira declaração da verdade como correspondência, o dito também pode ser visto como uma primeira declaração de deflacionismo. (...)
    Direct download  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  45.  22
    Elementos da teoria winnicottiana da sexualidade.Zeljko Loparic - 2005 - Human Nature 7 (2):311-358.
    Após resumir as diferenças entre os paradigmas freudiano e winnicottiano da psicanálise , o presente trabalho passa a apresentar as idéias centrais da teoria winnicottiana da sexualidade. As principais teses defendidas são as seguintes: 1) Winnicott redescreveu a sexualidade a partir de duas raízes: a raiz instintual e a raiz identitária , 2) ele reescreveu o essencial da teoria psicanalítica tradicional desse fenômeno, e 3) ao fazer tudo isso, ele acrescentou elementos essenciais ao seu novo paradigma da psicanálise . Depois (...)
    No categories
    Direct download (4 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark   2 citations  
  46.  21
    Tomándose la historia en serio. Danto, esencialismo histórico e indiscernibles.Veronica Tozzi - 2007 - Revista de Filosofía (Madrid) 32 (2):109-126.
    The place that Arthur Danto gives to history, as constitutive to as and our world, as well as a discipline able to produce knowledge of the past, reach its cenit with his philosophy of art. In “the End of Art”, Danto announces an end of the history of the search of the philosophical definition of art and the beginning of the era of pluralism. It is in this account where essencialism and historicism are combined in a way that estimules (...)
    Direct download (6 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark   2 citations  
  47. hilemorfismo como modelo de explicação científica na filosofia da natureza em Aristóteles'.Lucas Angioni - 2000 - Kriterion: Journal of Philosophy 41 (102):132-164.
    My aim is to examine Aristotle's hylomorphism as a model for scientific explanation of living beings. I argue that the issue of matter-form relation should be connected with the opposition between the necessity of material and efficient causes and the teleology of forms. Form (as "telos") is a principle able to organize the appropriate conjunction of material and efficient causes. Formal and final causes are not a trick for filling the "gap in causation", nor are they bare heuristic tools for (...)
    Direct download  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark   18 citations  
  48.  25
    Educação e cidadania: a formação humanista da juventude nos Projetos Político Pedagógicos (Education and citizenship: the humanistic education of youth in Pedagogical Political Projetcs). DOI: 10.5752/P.2175-5841.2012v10n26p399. [REVIEW]Roberlei Panasiewicz, Paulo Agostinho Nogueira Baptista, Alex de Souza Braga & Maria Emília Abreu Carneiro - 2012 - Horizonte 10 (26):399-431.
    A sociedade contemporânea convive com situações sociais, políticas e econômicas que suscitam o desejo de paz, de tolerância e de justiça. A escola é uma instituição essencial na organização social, pois por ela passam crianças, adolescentes e jovens por um período de tempo importante de sua formação e de construção da sua identidade. Nesse processo, o Projeto Político Pedagógico (PPP) tem um papel fundamental, pois gera uma ação intencional e propõe uma direção a partir de um compromisso construído coletivamente e (...)
    Direct download (5 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  49. Acerca do Conceito de Fenômeno na Crí­tica da Razão Pura.Juan Adolfo Bonaccini - 1997 - Princípios 4 (5):159-186.
    conceito de fenomeno (Erscheinung) cumpre um papel fundamental na filosofia de Kant. Na Critica da Razáo Pura', constitui a chave que abre todas as portas da filosofia transcendental e as fecha à metafisica tradicional. Isto parece ser urn ponto pacifico para os kantianos e para muitos outros o que, contudo, tem gerado urna ampla polemica é o estatuto de legitimidade deste conceito, sobretudo em funçao de suas implicações. 0 presente texto pretende elucidar algumas dessas implicações à luz dos argumentos de (...)
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  50.  2
    O Libertarianismo de Jonathan Lowe.Marco Oliveira - 2016 - Griot : Revista de Filosofia 14 (2):358-374.
    O objetivo deste artigo é apresentar a versão libertariana de Jonathan Lowe acerca da vontade livre. Ações intencionais são explicadas ao mencionarmos as razões pelas quais os agentes adotaram certos cursos de ações. Uma característica essencial dessas ações seria a capacidade de um agente de deliberar sobre as circunstâncias de um determinado curso de ação, antes de decidir o que fazer. A questão, na Filosofia da ação, é abordada por deterministas e seus opositores. Enquanto deterministas apresentam críticas contra a noção (...)
    No categories
    Direct download (2 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
1 — 50 / 167