O homem no pensamento de duns scotus: Aspectos característicos de sua antropologia

Veritas – Revista de Filosofia da Pucrs 44 (3):707-726 (1999)
  Copy   BIBTEX

Abstract

Em seus tratados teológicos, ospensadores medievais defrontaram-se com apergunta a respeito do homem, como ser criado,como capaz de conhecer, de praticar o bem ou omal etc. e, com isto, elaboraram uma Antropologia.Dentre eles, Duns Scotus, mantendo-se fiel acertos temas caros à escola franciscana, caracteriza-se por haver seguido caminhos surpreendentementenovos. No presente texto, doisaspectos da Antropologia scotista são estudados.Em primeiro lugar, a noção de matéria e forma.Discordando da teoria aristotélico-tomista, eleacentua a realidade específica da matéria, cujaexistência, sem a forma, não pode resumir-se àpura potencialidade. Redefinindo o que é amatéria, ele redefine também as relações entrealma e corpo. Em segundo lugar, e reservandobem maior espaço, a questão da vontade comopotência livre, que se determina a si mesma.

Links

PhilArchive



    Upload a copy of this work     Papers currently archived: 94,452

External links

Setup an account with your affiliations in order to access resources via your University's proxy server

Through your library

Similar books and articles

A Indestrutibilidade Do Ser Na Filosofia de Arthur Schopenhauer.Maria Valéria da Silva de Freitas - 2021 - REVISTA APOENA - Periódico dos Discentes de Filosofia da UFPA 1 (1):48.
“Reflexão transcendental sobre o homem” e “Filosofia Crítica”.José Edmar Lima Filho - 2020 - Veritas – Revista de Filosofia da Pucrs 65 (1):e36303.
Belleza y formación en el pensamiento de Platón.Juan Carlos Mansur - 2011 - Conjectura: Filosofia E Educação 16 (1):83-97.

Analytics

Added to PP
2019-08-06

Downloads
16 (#923,751)

6 months
5 (#878,862)

Historical graph of downloads
How can I increase my downloads?

Citations of this work

No citations found.

Add more citations

References found in this work

No references found.

Add more references