Nietzsche contra Schopenhauer? A reavaliação nietzschiana do valor metafísico da música

Revista de Filosofia Moderna E Contemporânea 4 (1):6-18 (2016)
  Copy   BIBTEX

Abstract

O presente artigo explora as concepções schopenhaueriana e nietzschiana da música e as suas consequências para a reflexão filosófica de Schopenhauer e Nietzsche acerca desta arte. Começando por identificar algumas contradições na ‘metafísica da música’ de Schopenhauer procura-se, num segundo momento, confrontá-las com as ideias de Nietzsche sobre a importância filosófica desta arte e mostrar em que medida Nietzsche se inspirou e se afastou da estética musical de Schopenhauer. Em particular, procurar-se-á mostrar o modo como Nietzsche retoma e resolve as ambivalências da análise schopenhaueriana das noções de ritmo e plasticidade através das críticas que faz à leitura wagneriana da metafísica schopenhaueriana da música e que contribuem para a sua compreensão não só desta arte, mas também da filosofia.

Links

PhilArchive



    Upload a copy of this work     Papers currently archived: 74,389

External links

Setup an account with your affiliations in order to access resources via your University's proxy server

Through your library

Similar books and articles

A Metafísica da Música de Arthur Schopenhauer.Henry Burnett - 2012 - Veritas – Revista de Filosofia da Pucrs 57 (2):143-162.
Música e Palavra.Oswaldo Giacoia Junior - 2007 - Discurso 37:167-182.
Por uma metafí­sica do sublime.Martha de Almeida - 2009 - Princípios 16 (26):229-255.
Por uma metafí­sica do sublime.Martha de Almeida - 2009 - Princípios 16 (26):229-255.

Analytics

Added to PP
2018-11-03

Downloads
3 (#1,306,071)

6 months
1 (#416,470)

Historical graph of downloads
How can I increase my downloads?

Author's Profile

Citations of this work

No citations found.

Add more citations

References found in this work

No references found.

Add more references