Liceu Vieira Dias e o N’gola Ritmos: música e resistência anticolonial em Angola

Odeere 1 (1) (2016)
  Copy   BIBTEX

Abstract

Este artigo tem por objeto fazer uma discussão sobre a música e a resistência anticolonial em Angola a partir da história de Liceu Vieira Dias e do grupo musical N’gola Ritmos. Para tanto acompanharemos a trajetória de Liceu e do N’gola, de que forma eles usaram a música como resistência, além disso a atuação política de seus membros em organizações clandestinas de contestação do poder metropolitano antes de 1961. Palavras-Chave: Angola, Música, Resistências.

Links

PhilArchive



    Upload a copy of this work     Papers currently archived: 76,297

External links

Setup an account with your affiliations in order to access resources via your University's proxy server

Through your library

Similar books and articles

Tradução: Fragmento sobre música e linguagem.Theodor Adorno - 2008 - Trans/Form/Ação 31 (2):167-171.
Música y subjetividad. Hegel y las concepciones románticas de la música.Antonio Cataldo - 2012 - Anales Del Seminario de Historia de la Filosofía 29 (2):593-608.

Analytics

Added to PP
2020-09-24

Downloads
3 (#1,314,858)

6 months
1 (#450,425)

Historical graph of downloads
How can I increase my downloads?

Citations of this work

No citations found.

Add more citations

References found in this work

No references found.

Add more references