5 found
Order:
Disambiguations
Fernando Bonadia de Oliveira [6]Fernando Bonadia Oliveira [1]
  1.  18
    Filósofo E Operário: O Soneto “Spinoza” de Machado de Assis.Fernando Bonadia de Oliveira - 2018 - Trans/Form/Ação 41 (4):31-52.
    Resumo: Machado de Assis, um dos mais famosos escritores brasileiros, oferece um retrato de Bento de Espinosa em um soneto de 1880. Em seus versos, o poeta combina, do início ao fim, a imagem do pensador como operário e como filósofo. Apesar de certa imprecisão nos traços estampados no retrato, o artigo pretende mostrar que o soneto pode, tanto quanto o poema “Spinoza”, de Jorge Luis Borges, operar como um primeiro convite ao estudo do espinosismo. Embora não haja qualquer intenção (...)
    Direct download (3 more)  
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  2.  18
    A Educação E o Prólogo da Genealogia da Moral de Nietzsche.Fernando Bonadia de Oliveira - 2009 - Filosofia E Educação 1 (1):121-142.
    Analisando-se a estrutura do “Prólogo” da Genealogia da Moral de Friederich Nietzsche, pretende-se compreender como este filósofo concebe a forma pela qual ele mesmo esteve, desde a infância, diante dos questionamentos sobre a origem dos valores morais. Trata-se de entender em que medida é possível aproveitar essa experiência de Nietzsche para definirmos uma tarefa para a Pedagogia, qual seja, a de questionar os valores morais existentes em seu interior. Todavia, menos do que definir propriamente tal tarefa, este trabalho consiste – (...)
    No categories
    Direct download (3 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  3.  8
    Os Dois Jorges Nagles.Fernando Bonadia de Oliveira - 2020 - Filosofia E Educação 11 (3).
    Este breve ensaio discute dois aspectos da produção bibliográfica do educador brasileiro Jorge Nagle recentemente falecido: por um lado, a feição crítica de sua primeira obra, Educação e sociedade na Primeira República; por outro, o modo aparentemente conformista de sua interpretação da Lei nº 5.5692/71 no livro A reforma e o ensino. A partir de uma narrativa pessoal, pela qual o ensaísta revive o encontro que teve com o professor Nagle cerca de seis meses antes de seu falecimento, são apresentados (...)
    No categories
    Direct download (2 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  4.  3
    A Dificuldade Na Leitura de o Capital de Marx: A Posição Althusseriana.Fernando Bonadia de Oliveira - 2011 - Cadernos Espinosanos 25:131.
    As dificuldades que envolvem a leitura e compreensão de O Capital de Karl Marx são consideradas por Louis Althusser em seu prefácio à edição francesa desta obra. Este artigo tem como objetivo investigar o problema da dificuldade na leitura do livro de Marx, a partir de uma análise da recomendação althusseriana, segundo a qual se deve iniciar a leitura de O Capital deixando de lado, a princípio, sua seção primeira. Posteriormente, será mostrado como o próprio filósofo alemão aborda as dificuldades (...)
    No categories
    Direct download (2 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  5.  7
    O Recurso Didático À Geometria Em Agostinho E Espinosa.Fernando Bonadia de Oliveira - 2018 - Filosofia E Educação 10 (2):452-487.
    O objetivo do ensaio é compreender como Agostinho e Espinosa empregam a geometria na exposição de seus sistemas, tendo como foco o aspecto didático, devidamente sublinhado e discutido por cada um deles. Conclui-se que tal recurso é comum aos dois filósofos em sentido semelhante, sobretudo pela perspectiva da aplicação didática. No entanto, o modo de promover o uso da geometria segue orientações distintas em cada um dos sistemas. Enquanto Agostinho evoca a matemática para reforçar o desligamento dos sentidos corporais, Espinosa (...)
    No categories
    Direct download (2 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark