O Compêndio de Gramática Hebraica de Espinosa é uma obra more geometrico demonstrata?

Trans/Form/Ação 36 (2):23-44 (2013)
  Copy   BIBTEX

Abstract

No prefácio das Obras póstumas de Espinosa, o inacabado Compêndio de gramática da língua hebraica é apresentado como um trabalho que, segundo a intenção do autor, quando concluída, assumiria a forma de uma exposição more geometrico da gramática hebraica. Nos estudos espinosanos, muitas vezes se buscou determinar o aspecto geométrico do trabalho, sobretudo em comparação com a Ética , ou então renegá-lo, afirmando a incongruência de aplicar-se tal método a um objeto, um idioma, inapreensível à geometria. A partir da reconsideração desses argumentos e do estudo de algumas passagens do Compêndio , acreditamos ser possível concluir que a obra era realmente redigida como uma exposição geométrica da gramática hebraica, o que se revela especialmente pela presença de um movimento ordenado e dedutivo a comandar sua composição

Links

PhilArchive



    Upload a copy of this work     Papers currently archived: 91,088

External links

Setup an account with your affiliations in order to access resources via your University's proxy server

Through your library

Similar books and articles

Analytics

Added to PP
2013-11-03

Downloads
122 (#139,705)

6 months
2 (#785,137)

Historical graph of downloads
How can I increase my downloads?

Author's Profile

Homero Santiago
University of São Paulo

Citations of this work

No citations found.

Add more citations

References found in this work

The problem of normativity solved or Spinoza's stand in the analogy/anomaly controversy.Anthony J. Klijnsmit - 1988 - Studia Spinozana: An International and Interdisciplinary Series 4:305-316.
""The problem of normativity in Spinoza's" Hebrew" grammer.Ze'ev Levy - 1987 - Studia Spinozana: An International and Interdisciplinary Series 3:351-390.

Add more references