Rigor e Aquisição de Conhecimento Moral em Aristóteles

Prometheus 8 (18):149-161 (2015)
  Copy   BIBTEX

Abstract

No livro I da Ethica Eudemia, Aristóteles dedica um capítulo a considerações acerca de seu método. No entanto, analisando passagens de outros tratados do autor, é possível concluir que há algo comum que perpassa as diversas considerações acerca de seu método, a saber: que o ponto de partida de toda investigação é dado pelo que é mais cognoscível a nós, e todo o procedimento de investigação visa chegar ao que é mais cognoscível em si mesmo – o conhecimento estrito do objeto, que inclui compreender suas causas. O objetivo deste trabalho é tentar compreender como esse procedimento acontece na investigação moral, que opera no âmbito do discurso e, portanto, das definições. Para isso, pretendemos analisar como acontece a passagem da análise do que é dado na experiência em direção ao conhecimento de suas causas, que é próprio de outros tratados aristotélicos, para a análise das opiniões vagas e imprecisas em direção às definições estritas com as quais a Ethica Eudemia pretende operar.

Links

PhilArchive

External links

Setup an account with your affiliations in order to access resources via your University's proxy server

Through your library

Similar books and articles

Epistemic levels, the Problem of Easy Knowledge and Skepticism.Tito Flores - 2009 - Veritas – Revista de Filosofia da Pucrs 54 (2):109-129.
O problema da objetividade.Donald Davidson - 2013 - Skepsis: A Journal for Philosophy and Interdisciplinary Research 6 (9):141-159.

Analytics

Added to PP
2016-04-18

Downloads
240 (#74,336)

6 months
71 (#54,886)

Historical graph of downloads
How can I increase my downloads?

Author's Profile

Mariane Oliveira
University of São Paulo

Citations of this work

No citations found.

Add more citations

References found in this work

Aristóteles, Física I-II.Lucas Angioni - 2009 - Editora da Unicamp.

Add more references