A imaginação no diálogo entre Leibniz E Sophie Charlotte

Cadernos Espinosanos 42:77-97 (2020)
  Copy   BIBTEX

Abstract

A imaginação é um sentido interno que reúne as impressões dos sentidos externos, afirma Leibniz em uma carta à rainha Sophie Charlotte. Esta é uma das únicas definições da imaginação formulada explicitamente por Leibniz. Não temos as cartas escritas por SophieCharlotte, o que é uma marca do silenciamento imposto às mulheres ao longo de séculos, por isso propomos um exercício de imaginação para reconstituir a importância desse diálogo. Outras raras ocorrências do termo “imaginação” em textos de Leibniz mostram a importância que o filósofo atribui ao poder de criação da imaginação. Seria possível sugerir a partir de uma relação entre memória e imaginação um sentido político para a criação imaginativa?

Links

PhilArchive



    Upload a copy of this work     Papers currently archived: 74,649

External links

Setup an account with your affiliations in order to access resources via your University's proxy server

Through your library

Similar books and articles

Imaginação.Fiora Salis - 2014 - Compêndio Em Linha de Problemas de Filosofia Analítica.
A Imaginação Em Descartes E Kant.Luiz Hebeche - 2005 - Veritas – Revista de Filosofia da Pucrs 50 (2):98-110.
A potência da imaginação.Ravena Olinda Teixeira - 2020 - Cadernos Espinosanos 42:215-236.
Imaginário, Utopia, Democracia.Constança Marcondes Cesar - 2014 - Prometeus: Filosofia em Revista 7 (16).

Analytics

Added to PP
2020-06-30

Downloads
3 (#1,304,754)

6 months
1 (#419,921)

Historical graph of downloads
How can I increase my downloads?

Author's Profile

Tessa Lacerda
University of São Paulo

Citations of this work

No citations found.

Add more citations

References found in this work

Entre Servidão E Liberdade.Homero Santiago - 2012 - Cadernos Espinosanos 26:11.
Leibniz.Stuart Brown, G. Macdonald Ross & E. J. Aiton - 1986 - Studia Leibnitiana 18 (1):101-107.

Add more references