Kierkegaard E a transformação do sujeito em si mesmo: Entre a vertigem da liberdade E o paradoxo absoluto da fé

REVELETEO – Revista Eletrônica Espaço Teológico 12 (21):68-86 (2018)
  Copy   BIBTEX

Abstract

Atribuindo à ironia a possibilidade de exercício e desenvolvimento da liberdade subjetiva, Kierkegaard sublinha a negatividade absoluta como característica do referido processo em Sócrates, convergindo para assinalar o absoluto e irredutível valor do indivíduo em um movimento que implica o início absoluto da vida pessoal entre criar-se e deixar-se criar. Dessa forma, contrapondo-se à dissolução da existência humana nas fronteiras da pura conceituação intelectual, Kierkegaard assinala a tensão inaplacável entre existência e transcendência em um movimento que implica a interioridade e guarda correspondência com a necessidade de tornar-se subjetivo, tendo em vista a perspectiva que defende que a verdade consiste na transformação do sujeito em si mesmo entre a vertigem da liberdade e o paradoxo da fé em um processo que encerra angústia e desespero e converge para a transição do ético ao religioso.

Links

PhilArchive

External links

Setup an account with your affiliations in order to access resources via your University's proxy server

Through your library

Similar books and articles

A Tendencia Total da Ironía en Søren Kierkegaard.Oscar Parcero Oubiña - 2008 - Revista Portuguesa de Filosofia 64 (2/4):981 - 999.
The problem of Kierkegaard's socrates.Daniel Watts - 2017 - Res Philosophica (4):555-579.
Socratic Irony, Plato's Apology, and Kierkegaard's On the Concept of Irony.Paul Muench - 2009 - In Niels Jørgen Cappelørn, Hermann Deuser & K. Brian Söderquist (eds.), Kierkegaard Studies Yearbook. de Gruyter. pp. 71-125.
The literary Kierkegaard.Eric Jozef Ziolkowski - 2011 - Evanston, Ill.: Northwestern University Press.
Kierkegaard on the Problems of Pure Irony.Brad Frazier - 2004 - Journal of Religious Ethics 32 (3):417 - 447.
Subjective Thinking: Kierkegaard on Hegel's Socrates.Daniel Watts - 2010 - Hegel Bulletin of Great Britain 61 (Spring / Summer):23-44.
Schlegel and the Enemies of the Romantic Irony.Vicente Raga Rosaleny - 2007 - Anales Del Seminario de Historia de la Filosofía 24 (2):155-170.
Kierkegaard on Mastered Irony.Brad Frazier - 2004 - International Philosophical Quarterly 44 (4):465-479.

Analytics

Added to PP
2018-08-05

Downloads
157 (#121,522)

6 months
53 (#85,040)

Historical graph of downloads
How can I increase my downloads?

Author's Profile

Luiz Carlos Mariano da Rosa
Lucent University - LU: Plano, Texas, USA

Citations of this work

No citations found.

Add more citations

References found in this work

No references found.

Add more references