Verbete: Respeito

In Dicionário de Cultura de Paz. Curitiba, PR, Brasil: (2021)
  Copy   BIBTEX

Abstract

O termo respeito é derivado do latim respectus, que corresponde ao uso substantivo do particípio passado do verbo respicere, cujo significado literal é "olhar para trás", "olhar de volta", "olhar novamente", "considerar" (do latim re "de novo" e spicere "olhar"). Derivações do termo latino respectus são encontradas tanto no francês antigo (sec. VIII-XIX), cujo termo respit significa "descansar", "repousar", quanto no inglês médio (sec. XI-XV), cujo termo respect aparece, assumindo a função de nome, no sentido de "relação ou referência a uma coisa ou situação específica" e, na função de verbo, no sentido de "ser digno de consideração ou estima". Na linguagem comum, respeito é uma das palavras cotidianas que aparece em uma multiplicidade de contextos. De um modo mais amplo, poder-se-ia definir respeito como o reconhecimento do valor e da dignidade de algo, do qual decorre um conjunto de comportamentos e estados de ânimo como resposta. Em primeira instância, é importante observar que o conceito de respeito implica sempre uma relação, como no caso em que utilizamos a locução "a respeito de". O respeito leva em conta uma relação responsiva entre sujeito e objeto na qual o sujeito responde ao objeto devido ao reconhecimento de certas características nele. Como o termo latino nos sugere, essa relação envolve um "olhar de volta" que é, ao mesmo tempo, um "considerar", ou seja, trata-se de um certo tipo de apreciação do objeto baseada em elementos tais como a atenção, o julgamento, o conhecimento, a valorização e a deferência. Nesse sentido, respeitar é uma maneira particular de se apreender objeto, na qual uma atenção especial é requerida com o propósito de reconhecer o objeto, não segundo as distorções perpetradas pela nossa subjetividade, mas em sua própria dignidade. Embora o ato de respeitar tenha origem no sujeito, ele não diz respeito primariamente ao sujeito, mas, em vez disso, ao objeto, na medida em que envolve o reconhecimento de uma propriedade que o objeto reivindica para si. Este é o motivo pelo qual respeitar não é meramente uma questão discricionária, baseada em nosso querer e não querer, mas uma experiência [...]

Links

PhilArchive

External links

  • This entry has no external links. Add one.
Setup an account with your affiliations in order to access resources via your University's proxy server

Through your library

Similar books and articles

Kant eo sentimento moral-Kant and the moral sentiment.Keberson Bresolin - 2012 - Conjectura: Filosofia E Educação 17 (1).
Kant e o sentimento moral.Keberson Bresolin - 2012 - Conjectura: Filosofia E Educação 17 (1):42-67.
Os momentos constitutivos do Cuidado e o Dasein como ser de relações.Evandro Bilibio - 2013 - Ethic@ - An International Journal for Moral Philosophy 12 (2):272-288.
A atitude de platão a respeito do mito.Luc Brisson - 2002 - Veritas – Revista de Filosofia da Pucrs 47 (1):71-79.
O encontro com o outro em Jean-Paul Sartre.Aline Ibaldo Gonçalves - 2013 - Griot : Revista de Filosofia 8 (2):55-71.

Analytics

Added to PP
2021-04-29

Downloads
397 (#46,683)

6 months
130 (#22,986)

Historical graph of downloads
How can I increase my downloads?

Author's Profile

Bruno Cunha
Federal University of São João Del Rei

Citations of this work

No citations found.

Add more citations

References found in this work

No references found.

Add more references