EXISTÊNCIA E CULPABILIDADE: Um estudo do parágrafo 58 de Ser e Tempo, de Martin Heidegger

Abstract

SÍNTESE - Em consonância com o método fenomenológico- hermenêutico traçado por Martin Heidegger em Sein und Zeit, a expressão prático-auto-referencial "eu sou" [sum] deve anteceder toda predicação sobre o humano ser/estar-aí-no-mundo. A este pertence a culpa/ dívida [Schuld] enquanto sentir-se/compreender-se e confessar-se como ser-culpado/devedor [Schuldigsein]. "Sou culpado por" resulta da junção de "sou responsável por" com o "não" implícito na idéia de falta. O responder ativo-projetivo do ser-aí [Dasein] por seu ter-queser está marcado, prévia e ontologicamente, pela impossibilidade de autofundação e pela possibilidade, sempre iminente, de não--ser/estaraí- no mundo; e, no plano ôntico, está permeado pela necessária restrição de possibilidades de ação e pelo inelutável retraimento a possibilidades alternativas. O texto explicita algumas potencialidades de incidência corretiva deste conceito ontológico-existencial de culpa sobre a autocompreensão do homem contemporâneo.

Download options

PhilArchive



    Upload a copy of this work     Papers currently archived: 72,805

External links

Setup an account with your affiliations in order to access resources via your University's proxy server

Through your library

Analytics

Added to PP
2019-08-30

Downloads
6 (#1,141,920)

6 months
1 (#386,499)

Historical graph of downloads
How can I increase my downloads?

References found in this work

No references found.

Add more references

Citations of this work

No citations found.

Add more citations

Similar books and articles

O Homem: Ser-No-Mundo-Com-Os-Outros.Lenir Lopes Dettoni, Josenir Lopes Dettoni & Jovanir Lopes Dettoni - 2016 - Clareira: Revista de Filosofia da Região Amazônica 3 (2):103-113.
Estudos Sobre a Questão Do Fundamento Em Heidegger.Bartolomeu Leite da Silva - 2017 - Pensando: Revista de Filosofia 8 (16):370-382.
Sobre Morte E Possibilidade.Écio Elvis Pisetta - 2008 - Dissertatio 28:251-279.
Realismo ontológico e antirrealismo epistemológico na problema do mundo externo em Hume.Leandro Hollanda - 2016 - In Jaimir Conte, Marília Cortês de Ferraz & Flávio Zimmermann (eds.), Ensaios sobre a filosofia de Hume. Florianópolis: Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). pp. 403-432.
A existência no pensamento de Heidegger.Marcos Aurélio Fernandes - 2014 - Revista de Filosofia Moderna E Contemporânea 2 (1):125-142.
A hermenêutica da existência finita em ser e tempo- Repercussões pedagógicas.José Ferreira Jr - 2017 - Clareira: Revista de Filosofia da Região Amazônica 4 (1-2):2-34.
O entretenimento no caminho do impessoal à cura do ser do dasein.Rafael Duarte Oliveira Venancio - 2007 - Revista Morpheus - Estudos Interdisciplinares Em Memória Social 6 (10):sd-sd.