Políticas de financiamento e expansão no Ensino Superior do Brasil

Abstract

O artigo analisa a política de financiamento e expansão de Instituições de Ensino Superior Brasileiras, de 2001 a 2016, e os extensos benefícios gerados a seu setor privado-mercantil, por programas estatais concessores de financiamento direto e indireto. Metodologicamente optou-se pela pesquisa quanti-qualitativa documental, analisando centralmente dados da Receita Federal do Brasil, e do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira, ligados aos Censos da Educação Superior; ao Exame Nacional de Desempenho de Estudantes, e ao Índice Geral de Cursos, para extrair informações: orçamentárias e financeiras da União; de expansão de IES e matrículas; e de qualidade do ensino e dos cursos de IES público-privadas. Considera-se que a política nacional gerou maior auxílio às IES privado-mercantis do que às IES públicas, gerando assim um ensino superior mercadejado, e dissociado de pesquisa e extensão.

Download options

PhilArchive



    Upload a copy of this work     Papers currently archived: 72,694

External links

Setup an account with your affiliations in order to access resources via your University's proxy server

Through your library

Analytics

Added to PP
2021-05-19

Downloads
2 (#1,458,884)

6 months
1 (#388,319)

Historical graph of downloads

Sorry, there are not enough data points to plot this chart.
How can I increase my downloads?

References found in this work

No references found.

Add more references

Citations of this work

No citations found.

Add more citations

Similar books and articles

Ensino superior e os paradigmas da política neoliberal.Hebert de Melo - 2010 - Griot : Revista de Filosofia 1 (1):16-23.
Evasão Na Educação Superior No Brasil.Hércules Ferrari Domingues da Silva & Waldemar Marques - 2017 - Quaestio: Revista de Estudos Em Educação 19 (1):197.
Políticas estaduais de avaliação externa.Cristiane Machado - 2020 - Quaestio - Revista de Estudos Em Educação 22 (1).